A construção do conceito de número pelas crianças

Postado em 12 de julho de 2021

Muitas vezes as crianças pequenas sabem contar até dez, são fluentes, mas isto não quer dizer que elas saibam identificar o que o número representa ou conseguem construir um conceito de quantidade.
Segundo Piaget, a criança não consegue conceituar adequadamente os números até que ela seja capaz de conservar quantidades, tornar reversíveis as operações, classificar e se seriar.
É a partir do amadurecimento biológico, informações recebidas pelo meio de manipulação de objetos e experiências vividas que se constrói o conceito de número.
Cabe ao professor do ensino infantil explorar as atividades diárias que possibilitam agrupar e separar elementos, comparar quantidades, classificar séries sequenciais de objetos e criar soluções para resolução de problemas.
De acordo com Piaget há três conhecimentos basilares para se construir o conceito de números: conhecimento físico, o lógico, o matemático e o social.
O conhecimento físico é o conhecimento visível do objeto, tamanho, cor, peso, forma. O conhecimento lógico matemático é a capacidade de estabelecer novas relações com os objetos, estas relações são internas, estão na mente, exemplo: a criança observa dois lápis vermelhos e dois amarelos e percebe a diferença entre eles.
O conhecimento social tem a ver com as convenções construídas pelas pessoas, exemplo: escrever da esquerda para a direita, que foi estabelecido pela sociedade ocidental.
A construção do conhecimento tem estrutura física e lógica. Já o conhecimento na matemática tem estrutura e sustentação de formas diferentes, abstração empírica quando a criança observa as características do objeto e abstração reflexiva, que é quando ocorre a coordenação das relações mentais entre outros objetos.

Principais atividades para o desenvolvimento do raciocínio pré-numérico
• Classificação: é muito importante para que a criança consiga compreender e organizar o mundo a sua volta;
• Seriação e ordenação: faz com que a criança observe as diferenças entre um conjunto de objetos estabelecendo uma progressão ou regressão entre eles;
• Sequenciação: ato de fazer suceder a cada elemento, consiste em classificá-los segundo uma ordem direta e linear.
Quando as crianças conseguem comparar, classificar, seriar e sequenciar ocorre o desenvolvimento da aprendizagem. Assim, estarão organizando seu raciocínio lógico por meio de atividades concretas e posteriormente vão elaborando seu raciocínio lógico-matemático construindo o conceito numérico.

Maura Martelli Souza
Diretora de escola – Psicopedagoga
Sócia proprietária do CEAI – Centro Educacional Arco-Íris Nova Geração
Foto: Freepik

Compartilhar

Tags

Outros Posts