Redes socias

Postado em 10 de julho de 2018

Certa professora, após colocar seu filho para dormir, iniciou a correção das redações feita por seus alunos em sala de aula, cujo tema era: Qual seu maior desejo?

Concomitante, seu marido sentado ao seu lado, olhos fixos na tela do celular enviava e respondia mensagens com tanta agilidade que não se dava conta do que ocorria à sua volta.

Inesperadamente, a professora começa a chorar compulsivamente. O marido, perplexo, indaga o que acontecera. Ela, muito emocionada, lê a redação para ele.

“Sou um garoto de sete anos, tenho como maior desejo a atenção de meus pais que, ao chegarem em casa continuam tão ocupados que não prestam atenção em mim, sequer nas minhas travessuras. Porém. se o celular apita prontamente verificam quem enviou uma mensagem e, sem pestanejar, respondem. Se eu cair, é porque não tenho sossego e estava fazendo arte. Se o celular cai, prontamente verificam se está tudo em ordem, se a tela não quebrou e se as funções não estão falhando. Quando meu pai chega em casa fico feliz pois quero brincar, mas ele toma seu banho e senta no sofá para verificar as mensagens que, por ventura, entraram durante seu banho ou jantar. Logo a seguir, mamãe me coloca para dormir e mais um dia se passou e nada de brincadeiras com papai ou com mamãe”.

O marido, comovido, pergunta a professora: Quem é essa criança?

Ela responde: Nosso filho!

Ambos choram copiosamente e entendem que eles têm dado mais atenção a um aparelho que até poucos anos atrás não existia, ignorando as necessidades do filho.

Naquela noite eles se comprometeram a colocar limites e aproveitar o que realmente importa: sua família!

A tecnologia nos oferece ferramentas de suma importância, porém, tudo em excesso ocasiona transtornos. Estudos científicos comprovam que o uso indiscriminado das redes sociais pode afetar nosso cérebro. Quer correr este risco?

Até a próxima semana!

Hugo Felipe Alferes
Psicólogo, Trainer Master Advacend Coach.
Diretor da Empresa Pense Sempre Positivo.
Contato (11) 4115-9674/ (11) 98911-4351
www.pensesemprepositivo.com

Compartilhar

Tags

Outros Posts