Projeto técnico x projeto arquitetônico e uso dos sistemas contra incêndio

Toda construção é baseada em dois fatores para levantar um prédio: projeto arquitetônico e técnico. Mas você sabe a diferença entre eles?

Postado em 2 de outubro de 2020

No projeto arquitetônico é decidido se a edificação vai ser moradia ou não, o estilo, os materiais e questões de estrutura e estética. Já no projeto técnico, se definem as questões legais, como a ocupação do prédio e a carga de incêndio. Aqui é inclusa a instalação do sprinkler – chuveiros automáticos que podem apagar ou conter as chamas em caso de um incêndio. Mas, além de ser um eficiente mecanismo contra chamas, evitando perdas materiais ou de vidas, pode ser usado também como componente de um design de interiores.
Tanto o projeto de arquitetura quanto o projeto técnico vão nos dar todos os parâmetros necessários para os demais projetos que vêm com a construção de uma edificação com sistema de combate a incêndio.

Sistema de combate a incêndio em projetos:
Nos projetos elaborados é possível estabelecer sistemas eficazes de prevenção e combate a incêndios, como o uso de chuveiros automáticos, saídas de emergências devidamente sinalizadas, extintores portáteis e hidrantes bem dimensionados, sistema de Porta Corta Fogo (PCF), isolantes térmicos e materiais que não propagam chamas. Todos, em conjunto, têm o intuito de reduzir prejuízos ao patrimônio, preservar vidas e reduzir as chamadas de emergência do Corpo de Bombeiros.
A prevenção de incêndio deve ser um aliado nas construções. Afinal, a instalação desses sistemas apresenta um investimento cujo valor é baixo se comparado com a proteção eficaz que oferece. Porém, antes de tudo isso, é preciso parar a discussão sobre o que é mais importante preservar, se a vida ou o patrimônio? Porque, obviamente, preservar a vida é fundamental, porém, na medida em que preservamos o patrimônio com sistemas eficazes, como o uso de sprinklers, por exemplo, vamos diminuir a geração da fumaça tóxica que, de forma geral, é responsável por causar a morte das pessoas.

Usando o sistema de combate a incêndio como parte do design
Diferente do que muita gente pensa, os chuveiros automáticos não precisam ser um agressor quando pensamos no layout de um ambiente. Aqui podemos conciliar a necessária eficácia e importância do sistema, com estilos diferentes. Os canos podem ser pintados de diferentes cores, podendo assim se tornarem quase que imperceptíveis quando usada a mesma cor do teto. Mas, no entanto, é observada também a tendência do estilo industrial, que usa o sistema como parte da decoração, já que tem em seu DNA o uso de tijolos aparentes e muito metal.

Foto: Freepik

Compartilhar

Outros Posts