Plantas na decoração

Postado em 29 de abril de 2019

Não é segredo que a cor verde traz tranquilidade, leveza, alegria e aconchego. Uma forma simples e charmosa de trazê-la para dentro de casa é sem dúvida a inclusão de plantas na decoração.
Plantas, além de complementarem a decoração, trazem um benefício a mais, uma vez que cuidar de uma planta significa uma pausa no cotidiano agitado. O desenvolvimento da planta acontece num ritmo próprio, distinto do nosso dia a dia, e conectar-se com ele nos traz grande tranquilidade.
Ao inserir plantas em casa é necessário averiguar qual tipo de espécie combina mais com o seu estilo de decoração e também qual vai se adaptar melhor ao ambiente. Um bom profissional poderá te ajudar e indicar as melhores opções.
Para termos plantas saudáveis necessitamos dar-lhes condições adequadas para sobreviverem. Cada espécie tem suas diferentes características, porém uma coisa é certa: luz natural, temperatura e umidade são fundamentais para seu bom desenvolvimento. Alguns exemplos de plantas que se adaptam bem em interiores: Dracena, Lança-de-São-Jorge, Antúrio, Violeta, Orquídea, Rafia, Schefflera, Jade, Palmeira Areca, Lírios-da-Paz, Suculentas etc. Aqui algumas dicas de decoração que incluem os mais diversos tipos de soluções para o uso de plantas em áreas internas:

1. Plantas em vasos
Certamente serão as estrelas do ambiente. Se o espaço permitir, invista em uma espécie grande, que ocupe com maestria o lugar no qual ela será instalada ou coloque o vaso em cima de um móvel que lhe dê destaque. A escolha do vaso também deve ser levada em conta uma vez que será parte importante do ambiente.

2. Quadros com plantas
Para quem tem pouco espaço mas não abre mão de incluir um pouquinho de natureza em casa, essa é a solução. Há duas opções distintas para este estilo: você pode criar um quadro vivo, com plantas naturais, ou escolher a folha que mais lhe agrada e emoldurá-la.

3. Plantas penduradas em suportes
Ao escolher os vasos ou cachepôs, selecione modelos e cores que se adaptem ao estilo do ambiente. Eles ajudarão a incrementar a decoração. Espalhe plantas pela casa toda, sala, cozinha, banheiro, dormitórios. As plantas, se colocadas no espaço correto e nas condições ideais, nunca são demais.

4. Jardim vertical
Eles vieram com força total para otimizar espaços não só de varandas, como também de corredores, sala de jantar, jardim de inverno e qualquer outro cômodo que você quiser incluir mais verde. Há centenas de modelos diferentes no mercado, desde os tradicionais suportes de ferro e madeira até os mais moderninhos feitos de caixotes e estrados de cama – a escolha vai depender do seu estilo de decoração.

5. Decorar com plantas artificiais
Caso não haja tempo ou disposição para cultivar plantas naturais, escolha as artificiais ou as preservadas. Foi-se o tempo em que optar por essa alternativa para a decoração era considerado cafona. Hoje essa escolha está muito em alta. Não é à toa: as plantas artificiais ou preservadas são uma excelente alternativa para dar vida ao ambiente àqueles que não podem dispender cuidados ou tempo na manutenção de plantas naturais, além dos modelos estarem cada vez mais bonitos e realistas.

Por: Julia Mafuz
Arquiteta CAU-SP A113694-1
Contato: (11) 97178-4475
www.jmafuzarquitetura.com

Compartilhar

Outros Posts