Hipnose para crises de pânico

Postado em 1 de maio de 2018

Hipnose para  crises de pânico

Quem convive com a ansiedade ou alto nível de estresse sabe que em alguns momentos acontecem as chamadas “crises de pânico”, que são aqueles minutos ou horas em que a sensação de mal-estar, taquicardia, suor nas mãos, excesso de preocupação, tensão nos ombros se manifestam ao mesmo tempo e de forma muito mais forte.
A pessoa perde o controle dos sentidos e, muitas vezes, nem sabe por que está passando por aquilo naquele momento. São crises que vem como uma onda, que não necessariamente acontecem no momento que ocorreu a tensão, podendo ser tardia, pois é uma resposta física que o corpo dá depois do estresse.
A ansiedade excessiva, o estresse, os exames médicos que descartam quaisquer doenças físicas vão deixando a pessoa cada vez mais desanimada, depressiva e achando que as crises não têm cura.
As crises de pânico são mais comuns do que se imagina. Mas também não é porque a pessoa teve uma crise que ela vai desenvolver uma síndrome do pânico. A boa notícia é que a hipnoterapia é eficaz em todos os casos!
A origem mais frequente das crises de pânico pode ser encontrada em algum processo de estresse intenso, mesmo que a pessoa não entenda cognitivamente que o fato gerou algum trauma e que está, inconscientemente, alimentando esses medos. E, às vezes, é difícil perceber que uma situação de tensão pode evoluir para uma crise de pânico porque devido aos níveis de estresse que a sociedade vive hoje, os sintomas acabam sendo banalizados: irritabilidade, estresse, descontrole emocional, taquicardia e respiração ofegante são sintomas muito comuns para as pessoas que sentem ansiedade acima do normal. Por isso, auto-observação é extremamente importante nesses casos.

Como ocorre o tratamento?
A hipnoterapia trata das crises de pânico por dois eixos: de maneira preventiva, quando o individuo sofre de ansiedade, tratando a ansiedade antes de evoluir para um quadro de Pânico; e a de forma efetiva, fazendo com que a pessoa não mais venha a ter as crises de pânico.
A pessoa pode buscar tratamento na hipnose quando seus níveis de stress estão altíssimos a ponto de evoluírem para o Pânico. Ou pode apostar no auxílio da hipnoterapia para acabar com as crises.
A mente inconsciente não distingue o que é real do que é imaginário, ou seja, tudo para a mente inconsciente é verdadeiro. Uma crise de pânico é um acesso direto a mente inconsciente da pessoa que está “acreditando” que de fato está prestes a morrer, por isso, disparam todos os sintomas, levando até mesmo cardiologistas em um pronto-socorro a confundir uma crise de pânico com um infarto.
Neste ponto, a hipnoterapia tem o papel de reprogramar a mente inconsciente da pessoa, fazendo entender que não está em perigo de morte, nos contextos que antes disparavam as crises de pânico.
O segundo passo do tratamento é entender e tratar as causas emocionais que levam o sujeito a desenvolver a ansiedade e as crises de pânico, pois tratando as causas cessam os efeitos de maneira permanente.
A hipnoterapia muda a relação neuroquímica do cérebro, tudo de forma natural e efetiva. Por isso, cada vez mais pessoas encontram na hipnose uma chance de reescrever o seu comportamento, suas reações às circunstâncias da vida.
Elimine o pânico da sua vida e tenha uma vida muito mais feliz.

Por: Patrícia Mendes Guimarães
Hipnoterapeuta na Hipnose Clinic
Contato: 4653-0063 / 96020-2806
www.hipnoseclinic.com.br

Compartilhar

Outros Posts