Elimine o medo disfuncional com a Hipnose

Postado em 22 de outubro de 2018

O medo é uma emoção base, química que nosso corpo produz baseado em um perigo real e iminente, que tem a função de nos alertar e nos proteger. Com medo nossa mente consciente sai de cena e nosso inconsciente entra em ação, ou melhor, agimos por reação, um mecanismo natural do nosso instinto animal, então três mecanismos de defesa podem ocorrer: paralisamos, fugimos ou atacamos.
A Neurociência provou que a reação emocional é duas vezes mais rápida que um pensamento, e se tratando de vida ou morte para a mente inconsciente é melhor reagir do que pensar para depois agir, por isso o medo é uma emoção muitas vezes irracional.

Medo que paralisa
Alguns animais, ao perceberem a presença de seu predador paralisam, se mantêm imóvel, ou até mesmo fingem de morto, pois essa estratégia instintiva garante a vida desse animal. Em muitas situações da vida, paralisamos, não agimos, sabemos que deveríamos falar, fazer ou agir e simplesmente não fazemos nada, deixamos as coisas acontecer, ou até mesmo nos fingimos de mortos.

Medo que nos faz fugir
Alguns animais, ao contrário, ao perceberem a presença de seu predador, instintivamente correm, fogem, para garantir a sua sobrevivência. Em alguns contextos da vida, por medo, podemos estar fugindo de pessoas ou situações, nos esquivando da verdade, fingindo que está tudo bem e deixando a vida nos levar.

Medo que nos leva ao ataque
Alguns animais, de frente ao oponente e percebendo que têm chance de vitória, atacam o seu predador, pois instintivamente sabem que é a melhor chance para a sobrevivência. Algumas pessoas, ao se sentirem ameaçadas, ao invés de congelarem ou fugirem, atacam, e ao atacarem ferem pessoas e a si mesmas. Atacam não porque querem, mas como forma de defesa, pois a mente inconsciente entende que é melhor ferir do que ser ferido.
Sabemos que a mente inconsciente não distingue o real do imaginário, ou seja, algo simples e seguro para a mente inconsciente pode ser interpretado como algo extremamente perigoso, e com isso aparecem os distúrbios da mente derivados do medo, como a insegurança, a gagueira, as diversas fobias, a ansiedade e até as crises de pânico.
Sabemos também que a mente inconsciente generaliza, ou seja, quando de fato passamos por um perigo real, como um assalto, por exemplo, nossa mente pode generalizar fazendo com que acreditemos que isto pode ocorrer a qualquer momento, levando o indivíduo a um medo e stress constante.

A hipnose como tratamento
Todo medo disfuncional é ativado por um gatilho, que leva a uma memória traumática. Qualquer estímulo interno ou externo pode ativar uma memória traumática, sendo assim, o segredo para a terapia não é evitar os gatilhos, até porque pode ser qualquer coisa, desde um cheiro, uma visão, um pensamento, mas sim eliminar a dor da memória, e isso é possível com a Hipnoterapia.
Quando um profissional hábil e experiente leva a pessoa ao estado de transe médio ou profundo, consegue abrir as portas da mente subconsciente do indivíduo e com isso encontrar possíveis memórias traumáticas (onde foram gerados os medos) e mudar o significado emocional dessa memória, eliminando a dor (medo/insegurança) e mantendo apenas a experiência, a pessoa lembra-se do ocorrido e não sente mais nada.
A hipnoterapia também é considerada uma excelente ferramenta para o autoconhecimento emocional, pois a partir do tratamento o cliente reconhece melhor suas emoções, sabendo então distinguir um medo real de um imaginário e com isso enfrentar melhor os seus medos reais de maneira segura e equilibrada.
Elimine os seus medos e tenha uma vida plena e feliz.

 

Por: Alex Cruanes
Hipnoterapeuta
Diretor da Hipnose Clinic
Contato: 4653-0063 / 96020-2806
www.hipnoseclinic.com.br

Compartilhar

Outros Posts