Como tirar chulé do tênis, chinelo e outros tipos de sapato

Postado em 17 de dezembro de 2019

Todo mundo corre o risco de ter chulé, sabia? Seja criança, adulto, idoso, homem ou mulher. Afinal, o que faz com que esse mau cheiro apareça é a transpiração, que fica ainda pior quando os pés ficam totalmente fechados (em tênis, botas, sapatilhas, e por aí vai). Como não há dissipação de calor, o suor fica fermentando nas solas do pés com bactérias e fungos, o que piora ainda mais o cheiro. Por isso é muito importante lavar os sapatos e ter uma higiene caprichada nos pés.
Aqui nós separamos algumas dicas e macetes para tirar o chulé com mais facilidade. Confira e aprenda!

Vinagre + bicarbonato de sódio para limpar o calçado por dentro
Uma das misturas mais eficientes e poderosas que existem, o vinagre com bicarbonato de sódio é uma combinação capaz de desinfetar e tirar o mau cheiro. Por isso, uma boa dica é lavar os tênis (incluindo as palmilhas) com essa solução. Vale destacar que o vinagre, em especial, é ótimo para remover cheiros fortes de tecidos e outros materiais. Você também pode usar o bicarbonato de sódio sozinho para remover o chulé – basta colocar uma colher desse produto dentro do calçado e, então, deixar atuando durante 24 horas.

Sal de cozinha trata a umidade e impede a proliferação de microrganismos
Para tirar a umidade e tornar o meio inóspito para bactérias e microrganismos, uma ótima dica é colocar sal de cozinha dentro dos sapatos. Coloque uma quantidade caprichada (uma colher de sopa cheia, por exemplo) e espalhe bem por toda a palmilha. O ideal é que o sal fique atuando dentro do sapato por pelo menos 24 horas. Depois é só tirar e usar os calçados normalmente.

Lembre-se de lavar os sapatos com certa frequência
Outra dica importante é tentar lavar os sapatos (tanto tênis quanto chinelos) com certa frequência. Mas lembre-se que tudo depende do material – calçados de borracha e plástico, por exemplo, podem ser facilmente lavados com água e sabão ou detergente, mas alguns tecidos são mais delicados. Os tênis de corrida, de forma geral, também podem ser lavados com frequência e até podem ser deixados de molho na água e sabão. Só não se esqueça de deixar os sapatos secarem bem antes de usá-los novamente, em caso de dúvidas na higienização e para sua segurança confie o serviço à sua lavanderia.

Dicas extras para evitar o chulé
Para evitar o mau cheiro, tente sempre usar meias de algodão (em especial, quando for usar tênis e botas). Elas conseguem absorver a umidade e, assim, impedem o surgimento do chulé. Além disso, outra dica interessante é deixar os sapatos no sol depois de usá-los. O calor faz com que as palmilhas fiquem bem secas e livres de bactérias. Lembre-se também de alternar no uso dos sapatos – ou seja, nada de usar o mesmo par durante muitos dias seguidos! Assim, você garante que os calçados fiquem mais arejados e sem bactérias.

Maria Lavadeira – unidade de Arujá
aruja@marialavadeira.com.br
Contato: (11) 4653-4910
Fonte: www.casapraticaqualita.com.br

Compartilhar

Outros Posts