Como a hipnose pode tratar a vida a dois

Postado em 14 de dezembro de 2018

Viver um relacionamento amoroso é sempre algo complexo e delicado, pois sem dúvida é uma das principais formas de aprendizado emocional na vida – requer, o tempo todo, uma exposição de sentimentos, de verdade sobre valores e expectativas. Como diria o poeta, amar é despir a alma, e nem sempre isto é um ato compreensível entre duas pessoas.
Com o passar do tempo, aquele sentimento que originou a relação pode tomar outra forma e é colocado em dúvida. Este movimento é normal, uma vez que as pessoas – inclusive você – se transformam, amadurecem, reveem comportamentos ao longo dos anos. Mas nem sempre as expectativas quanto ao relacionamento acompanham essas modificações. Não é totalmente claro que os sentimentos também podem ser transformados.
Preso ao que foi idealizado no começo e impactado pelas experiências cotidianas, o relacionamento começa a causar algum tipo de sofrimento ao casal. Aqui se instala a confusão emocional entre os envolvidos e o casamento é posto em questão: “Será que meu relacionamento acabou?”, esta é uma das frases que mais ouvimos no consultório.
Trouxemos aqui algumas das principais queixas sobre os relacionamentos amorosos, mas o mais importante é que em todas elas a hipnose é um tratamento bastante eficiente para quem está passando por problemas no relacionamento amoroso. O hipnoterapeuta ajuda o indivíduo a estabelecer uma nova visão do mundo diante dos fatos, neutralizando traumas e medos. Isso ajuda a encorajar o fortalecimento de laços ou a busca por novas relações.
Como em qualquer relação, o diálogo é a principal chave de sucesso, mas as reações do (a) parceiro (a) a determinadas situações podem bloquear este caminho. A mágoa é um desses impeditivos, gera uma tristeza que mascara o sentimento real. É muito comum pessoas que vivem magoadas com seus (as) companheiros (as) por conta de alguma situação e acabam por nutrir esse sentimento, e com o passar do tempo, quando percebem, o relacionamento já está desgastado e o fim do casamento parece ser a única solução para o problema.
O impacto de fatores externos, como dificuldades financeiras, no trabalho, problemas de saúde, interferência da família, traição, entre outros, também é um responsável pela perda da qualidade das relações. Diante dos desafios, alguns casais se distanciam, a relação esfria ou até mesmo partem para brigas, discussões sem fim – o caos se instala e o sofrimento também. Muitos mantêm o relacionamento carregando aquele sentimento de tristeza, outros até mesmo colocam um fim na relação antes de entender o que gerou esse desequilíbrio emocional entre duas pessoas que foram unidas por um sentimento que era mútuo.
Na hipnose, todas essas queixas são trabalhadas – com altas taxas de sucesso, com a integração de diversas técnicas. A partir do trabalho do hipnoterapeuta, é possível substituir o sentimento de mágoa, rancor, tristeza, decepção, por um que trará mais equilíbrio e plenitude para a vida da pessoa, recuperando também seu amor próprio e autoestima. Essa técnica é chamada de ressignificação, cuja função é atribuir outro significado a uma recordação de dor emocional, alterando assim o sentimento ao se pensar na pessoa.
A ressignificação de uma lembrança pode libertar o cliente daquele sofrimento. E é neste momento que a pessoa está pronta para enxergar seus reais sentimentos. Assim muitos relacionamentos podem ser restabelecidos – ou não, se assim for desejável. O cliente terá segurança e autonomia para avaliar seu relacionamento – ou a falta dele – sentindo-se mais confiante e pronto para tomar decisões.
O mais importante para o hipnoterapeuta é que seu cliente esteja seguro e equilibrado para tomar qualquer decisão sobre o futuro do seu relacionamento. Por isso o maior objetivo da hipnose é que o indivíduo tenha uma vida plena e mais feliz!

Por: Patrícia Mendes Guimarães
Hipnoterapeuta na Hipnose Clinic
Contato: 4653-0063 / WhatsApp: 96020-2806
www.hipnoseclinic.com.br

Compartilhar

Outros Posts