avatar
Patrícia Mendes Guimarães

Hipnoterapeuta na Hipnose Clinic Contato: 4653-0064 / 96020-2806 www.hipnoseclinic.com.br

A hipnose e a prevenção ao suicídio

Postado em 20 de agosto de 2018

 

Desde o início de julho, as ligações para o Centro de Valorização da Vida (CVV), que auxilia na prevenção do suicídio e dá atenção a pessoas que sofrem de ansiedade e depressão, passaram a ser gratuitas. Para conseguir falar com algum voluntário treinado para esses tipos de situações, basta discar o número 188 pelo telefone. A assistência também é prestada por e-mail ou chat.
O CVV, que tem mais de 2 mil atendentes atuando na prevenção ao suicídio, recebeu em 2017 quase 2 milhões de ligações quando a chamada ainda era cobrada. A tendência é que este número aumente exponencialmente devido à gratuidade do serviço e as campanhas de prevenção ao suicídio, que estão cada vez mais fortes.
Segundo o Ministério da Saúde, no Brasil, a taxa de suicídios na população de 15 a 29 anos subiu de 5,1 por 100 mil habitantes em 2002 para 5,7 em 2015 – um aumento de mais de 10%, segundo dados do Sistema de Informação sobre Mortalidade de 2017.
A OMS (Organização Mundial de Saúde) estima que 90% dos suicídios poderiam ser prevenidos. Mas como falar de suicídio sem promovê-lo?
Não falar sobre suicídio pode ter um efeito tão devastador quanto falar de maneira inadequada. Quanto maior o silêncio e segredo em torno de um assunto tabu, pior para quem lida com ele. Assuntos ligados à esfera do segredo, do proibido, despertam a curiosidade.
Uma das formas de contribuir para a prevenção é apresentar alternativas e divulgar locais ou formas de se obter ajuda. Ainda que falar sobre aspectos relacionados ao suicídio sejam importantes, o principal alerta de prevenção é observar o comportamento do indivíduo, seja criança, adolescente ou adulto.

Atenção aos “gatilhos”
Os impactos negativos em quem lê, ouve ou assiste a reproduções de violência, sexo ou morte, podem desencadear fortes processos emocionais complexos, o que na hipnoterapia chamamos de “gatilhos”.
Jovens que enfrentam falta de oportunidades de desenvolver um projeto de vida, de planejar o futuro e construir identidade por meio de autoconhecimento, autoestima e autoconfiança podem ser os mais afetados.
Uma cena de suicídio pode causar muitos impactos na vida de um jovem por meio do gatilho, especialmente quando esses jovens estão fragilizados, angustiados e perdidos nas questões cotidianas, sem apoio e orientação, desconectados com a vida. Nesse sentido, buscas por palavras no Google e até preferência sobre conteúdos na TV ou internet podem ser um indicativo emocional de que as coisas não andam bem.
Como o suicídio normalmente está associado a múltiplos fatores, físicos, sociais e de personalidade, cenas ou relatos podem ser um fator desencadeante caso a pessoa apresente um quadro de alteração de comportamento, principalmente a depressão.

Como a hipnose pode fazer a diferença
A OMS estima, ainda, que somente 15% dos gravemente deprimidos optam por tirar a vida, mas a depressão continua sendo a maior causa do suicídio no mundo. Por isso, é preciso ficar atento quando a pessoa demonstra comportamento de tristeza e falta de interesse na vida ou nos outros.
É importante lembrar que o suicida, na maioria das vezes, não quer verdadeiramente morrer. O que ele procura é uma solução imediata para aliviar seu sofrimento emocional. É aí que a hipnoterapia se diferencia como um dos melhores tratamentos para pessoas com comportamento suicida, independentemente da idade.
A hipnoterapia é um processo natural que faz uso dos próprios processos internos, para que durante a sessão se possa identificar pontos que possam estar contribuindo no desenvolvimento da ideação suicida.
O hipnoterapeuta ajuda o indivíduo a descobrir as razões por trás do comportamento autodestrutivo e a criar soluções para substituir o comportamento suicida por comportamentos que favoreçam a vida.
Durante as sessões, de acordo com a necessidade de cada caso, são utilizadas técnicas muito ricas da psicologia Transpessoal, Programação Neurolinguística(PNL) e Hipnose, como a ancoragem de recursos, ressignificação de traumas, entre muitos outros. Por isso, a taxa de sucesso dos tratamentos em hipnose é alta. O tratamento passa a ser personalizado de acordo com o nível de complexidade dos casos.
Ao trabalhar a dor emocional da pessoa, as chances de suicídio reduzem drasticamente. Observe o comportamento de quem está próximo de você e ofereça ajuda!

Fontes: Ministério da Saúde
Organização Mundial de Saúde
BBC Brasil
Por: Patrícia Mendes Guimarães
Hipnoterapeuta na Hipnose Clinic
Contato: 4653-0063 / 96020-2806
www.hipnoseclinic.com.br
Compartilhar

Hipnose para crises de pânico

Postado em 1 de maio de 2018

Hipnose para  crises de pânico

Quem convive com a ansiedade ou alto nível de estresse sabe que em alguns momentos acontecem as chamadas “crises de pânico”, que são aqueles minutos ou horas em que a sensação de mal-estar, taquicardia, suor nas mãos, excesso de preocupação, tensão nos ombros se manifestam ao mesmo tempo e de forma muito mais forte.
A pessoa perde o controle dos sentidos e, muitas vezes, nem sabe por que está passando por aquilo naquele momento. São crises que vem como uma onda, que não necessariamente acontecem no momento que ocorreu a tensão, podendo ser tardia, pois é uma resposta física que o corpo dá depois do estresse.
A ansiedade excessiva, o estresse, os exames médicos que descartam quaisquer doenças físicas vão deixando a pessoa cada vez mais desanimada, depressiva e achando que as crises não têm cura.
As crises de pânico são mais comuns do que se imagina. Mas também não é porque a pessoa teve uma crise que ela vai desenvolver uma síndrome do pânico. A boa notícia é que a hipnoterapia é eficaz em todos os casos!
A origem mais frequente das crises de pânico pode ser encontrada em algum processo de estresse intenso, mesmo que a pessoa não entenda cognitivamente que o fato gerou algum trauma e que está, inconscientemente, alimentando esses medos. E, às vezes, é difícil perceber que uma situação de tensão pode evoluir para uma crise de pânico porque devido aos níveis de estresse que a sociedade vive hoje, os sintomas acabam sendo banalizados: irritabilidade, estresse, descontrole emocional, taquicardia e respiração ofegante são sintomas muito comuns para as pessoas que sentem ansiedade acima do normal. Por isso, auto-observação é extremamente importante nesses casos.

Como ocorre o tratamento?
A hipnoterapia trata das crises de pânico por dois eixos: de maneira preventiva, quando o individuo sofre de ansiedade, tratando a ansiedade antes de evoluir para um quadro de Pânico; e a de forma efetiva, fazendo com que a pessoa não mais venha a ter as crises de pânico.
A pessoa pode buscar tratamento na hipnose quando seus níveis de stress estão altíssimos a ponto de evoluírem para o Pânico. Ou pode apostar no auxílio da hipnoterapia para acabar com as crises.
A mente inconsciente não distingue o que é real do que é imaginário, ou seja, tudo para a mente inconsciente é verdadeiro. Uma crise de pânico é um acesso direto a mente inconsciente da pessoa que está “acreditando” que de fato está prestes a morrer, por isso, disparam todos os sintomas, levando até mesmo cardiologistas em um pronto-socorro a confundir uma crise de pânico com um infarto.
Neste ponto, a hipnoterapia tem o papel de reprogramar a mente inconsciente da pessoa, fazendo entender que não está em perigo de morte, nos contextos que antes disparavam as crises de pânico.
O segundo passo do tratamento é entender e tratar as causas emocionais que levam o sujeito a desenvolver a ansiedade e as crises de pânico, pois tratando as causas cessam os efeitos de maneira permanente.
A hipnoterapia muda a relação neuroquímica do cérebro, tudo de forma natural e efetiva. Por isso, cada vez mais pessoas encontram na hipnose uma chance de reescrever o seu comportamento, suas reações às circunstâncias da vida.
Elimine o pânico da sua vida e tenha uma vida muito mais feliz.

Por: Patrícia Mendes Guimarães
Hipnoterapeuta na Hipnose Clinic
Contato: 4653-0063 / 96020-2806
www.hipnoseclinic.com.br
Compartilhar

Hipnose para o emagrecimento saudável

Postado em 12 de dezembro de 2017

hipnose

“Segunda-feira começo o regime! Dessa vez entro na academia! Amanhã vou fazer os exercícios que gosto! A partir de agora não como mais doces! Vou beber só uma taça!”
Queremos emagrecer, chegar ao nosso peso e corpo ideal e, para conseguir isso, fazemos muitas promessas carregadas de boa intenção e até estamos motivados a realizá-las, mas algo dentro de nós nos impede, não deixa, bloqueia, a vontade some, a motivação diminui e logo voltamos a fazer o que fazíamos: não emagrecemos e, o pior, às vezes até engordamos.

Por que isso acontece?
Existem duas coisas que nos motivam para viver, uma é evitar a dor e o sofrimento, e a outra buscar o prazer e a felicidade.
O alimento tem a função de nos nutrir, mas também nos proporciona prazer, e é aí que está a questão. O ideal é comermos com consciência, ingerindo alimentos saudáveis, que irão nos nutrir e também nos dar prazer. Porém, quando estamos fora do peso, não é bem isso que fazemos.
Comemos por impulso, para preencher um vazio, para aliviar as tensões e o stress, nos alimentamos para diminuir a tristeza, para fugir do medo. Essa é a fome emocional. Buscamos esse prazer imediato que alguns alimentos nos proporcionam para evitar a dor, porém nestes momentos nos “esquecemos” que estamos adiando o prazer e a felicidade de ter peso e corpo ideais.
O problema é que esse é um processo inconsciente, não temos a consciência de que estamos nos alimentando assim, simplesmente sentimos e comemos. Quando sentimos esses sentimentos e emoções ativamos os chamados Sabotadores Mentais, que são gatilhos, crenças internas que fazem com que utilizemos o nosso automatismo, são pensamentos enraizados fazendo com que a gente repita costumes prejudiciais à nossa vida. É como se estivéssemos aprisionados a um modo de viver irreversível, e que estamos fadados a sofrer com regimes e ganho de peso para o resto da vida, nos impedindo de nos alimentarmos e nos exercitarmos de maneira ideal.

Como mudar esse quadro?
A boa notícia é que existem formas de conhecermos quais são os nossos Sabotadores Mentais. Uma delas é um software chamado Assessment do Emagrecimento, e com a ajuda da Hipnose podemos trabalhar esses sabotadores e as nossas emoções que estão impedindo que tenhamos o peso e o corpo ideal que merecemos.

Como a hipnose pode ajudar?
Como a hipnose atua na mente subconsciente, a função dela nesses casos é reprogramar a mente, desativando os gatilhos mentais (Sabotadores Mentais), e equilibrar as emoções que nos levam a nos alimentar compulsivamente.
Nas primeiras sessões de hipnoterapia são reconhecidos possíveis traumas e os pensamentos sabotadores que levam o cliente a ter dificuldade de levar uma vida saudável. Conforme esses gatilhos mentais negativos vão sendo descobertos, o hipnoterapeuta começa a ressignificar os pensamentos do cliente, retirando as referências negativas e colocando novos gatilhos positivos, que vão lhe trazer motivação para ter uma vida saudável e, por consequência, vão ajudá-lo a emagrecer.
Uma vez que o indivíduo está no estado de hipnose é fácil para a mente dele aceitar sugestões relacionadas ao controle da dieta e à prática de exercícios, como: redução da compulsão aos doces; aumento do prazer com a prática de exercícios; aumento da saciedade; redução do apetite; redução da gula; alívio de traumas relacionados ao peso ou à alimentação; diferenciação da fome física e da fome emocional; aumento da disciplina; aversão a alimentos calóricos.
O nosso inconsciente aprende que ter uma vida saudável nos faz bem e a partir de então comanda os nossos pensamentos a buscar uma alimentação equilibrada com exercícios físicos.

Balão Intragástrico Imaginário
A utilização do Balão Intragástrico Imaginário é uma das técnicas complementares mais usadas para o emagrecimento dentro de um programa que investiga vínculos emocionais que o cliente tem com a comida. O cérebro acredita que você colocou um balão no estômago e, por isso, faz com que você coma menos, emitindo sinais de que não há mais o mesmo espaço para estocar comida dentro do corpo. Levando o cliente a chegar ao seu peso e corpo ideais de maneira mais rápida.

Por: Patrícia Mendes Guimarães
Hipnoterapeuta na Hipnose Clinic
Contato: 4653-0064 / 96020-2806
www.hipnoseclinic.com.br
Compartilhar