avatar
Cândida Possebon

Profissional & Self Coach – PSC Cert.6097 – IBC Instituto Brasileiro de Coaching Pós Graduada em Coach Life Certificada em Coach de Relacionamento

UMA META, SÓ É META SE FOR “S.M.A.R.T.”

Postado em 23 de novembro de 2017

1-VVxS5pwLz5PTJBZmZCUCoA

Dando continuidade da semana passada, apresento a quarta e a quinta letra da meta “S.M.A.R.T.” São cinco letras que representam, cada uma por si, um aspecto da meta. Vamos lá!

“R” Relevante

Ela é tanto mais possível quanto mais importante se estiver ligada ao seu propósito de vida. E, é bom frisar: “seu propósito”, que quer dizer que é somente “seu” e não do esposo (a), do amigo (a), do emprego, do social etc.

“T” Temporal

Tem que ter um prazo para ser cumprida, um tempo pré-determinado.

 

Comentário Final

Então, com as cinco letras decifradas, vamos lá:

Definindo Meta: O impossível pode ser dividido em vários passos possíveis. O prazer de atingir o objetivo é imensurável, mesmo sabendo que vai ser muito difícil e, por isso que é preciso rever essas metas todos os dias, pois, são as pequenas ações que irão levar você ao resultado positivo final.

Faça acontecer!

CÂNDIDA POSSEBON – Arujá/SP.
Profissional & Self Coach – PSC
Cert.6097 – IBC Instituto Brasileiro de Coaching
Pós Graduada em Emagrecimento p\ Instº.Health Coaching
#coachingtransformandovidas
Site: candidapossebon.com.br
Face: Coach Candida Possebon E-mail: candidapossebon@gmail.com
Instagran: @coachcandidapossebon
Cel.What: (11) 97450.7135
Compartilhar

Uma meta, só é meta se for “S.M.A.R.T.”

Postado em 15 de novembro de 2017

2016110801

Dando continuidade ao artigo da semana passada, apresento a 3ª letra da meta “S.M.A.R.T.”

São cinco letras que representam, cada uma por si, um aspecto da meta. Vamos lá:

“A” Alcançável

Quando decidimos mergulhar em alguma mudança em nossa vida, devemos ter em mente uma meta possível de realizar, ou seja, alcançável. Vamos usar a meta de emagrecimento como exemplo: Não adianta se iludir afirmando, “Muito bem, estou com 80 quilos e quero chegar a casa dos 60 rapidamente, espero concretizar em pouco tempo”. Perder 20 quilos tem que ser alcançável, para tanto, fazendo as perguntas: Em quanto tempo prevejo atingir (semanas/meses/semestre/ano)? Quanto vou gastar em dinheiro? Eu estou investindo em mim? Vale a pena o sacrifício? Quanto tempo demorei para chegar onde estou (semanas/meses/anos)?

Na próxima semana darei continuidade com as próximas letras. Não percam.

CÂNDIDA POSSEBON – Arujá/SP.
Profissional & Self Coach – PSC
Cert.6097 – IBC Instituto Brasileiro de Coaching
Pós Graduada em Emagrecimento p\ Instº. Health Coaching
#coachingtransformandovidas
Site: candidapossebon.com.br
Face: Coach Candida Possebon E-mail: candidapossebon@gmail.com
Instagran: @coachcandidapossebon
Cel.WhatsApp: (11) 97450.7135
Compartilhar

Uma meta, só é meta se for “S.M.A.R.T.”

Postado em 8 de novembro de 2017

1-VVxS5pwLz5PTJBZmZCUCoA

São cinco letras que representam, cada uma por si, um aspecto da meta. Vamos lá:

“S” Specific (específica). É comum dizermos: Este ano eu vou emagrecer! Sim, mas, como?

Este ano eu vou estudar! Maravilha, mas, o que?

Este ano eu vou caminhar! Está certo, mas, quando e como?

Este ano eu vou me organizar! Ok, mas, começando por onde e de que maneira?

Você deve ser o mais específico possível e quanto mais melhor. De que maneira, como, de que jeito, começando por onde, fazendo o que etc… Assim, bem claro e direto.

“M” Mensurável Deve ter a logística plena dos seus passos, por exemplo:

Quantos quilos eu quero emagrecer?

Qual estratégia eu vou usar?

Quais hábitos novos vou incorporar?

Quais hábitos velhos vou rejeitar?

Como vou calcular o meu emagrecimento?

Observação: terá chance de ter 50% de sucesso se registrar por escrito toda a empreitada.

Na próxima semana darei continuidade com as próximas letras. Não percam.

 

CÂNDIDA POSSEBON – Arujá/SP
Profissional & Self Coach – PSC
Cert.6097 – IBC Instituto Brasileiro de Coaching
Pós Graduada em Emagrecimento p\ Instº.Health Coaching
#coachingtransformandovidas
Site: candidapossebon.com.br
Face: Coach Candida Possebon E-mail: candidapossebon@gmail.com
Instagran: @coachcandidapossebon
Celular Whats: (11) 97450.7135
Compartilhar

Aprenda a definir as suas metas

Postado em 30 de outubro de 2017

metas

É normal que muitos acordem cedo, que logo entrem na rotina de trabalho, que corram o dia todo e, de repente, não sabem o que querem.
Há um ditado popular que diz: Se você não sabe para onde ir, qualquer lugar serve.
Será que serve mesmo?
O que, realmente, você quer?
Não adianta responder: “Eu quero ser feliz”. Porque isso todos querem!
Você precisa definir uma meta vencedora.
Aí você pergunta: “Mas, esta tal de meta, é o mesmo que o objetivo de vida?”
Resposta: Não. Objetivo é o que você quer, o que você deseja; e meta é a força motriz que impulsiona, é a força motivacional.
Uma meta também não é uma tarefa a ser executada e nem a aquisição de conhecimentos, ela (a meta) vai muito além, é um comprometimento. E é fácil? Não, não é fácil, pois é uma jornada solitária, daí você tem que querer profundamente.
Por exemplo: ao tentar vestir aquele jeans, que surpresa, ele não entrou, aí fico triste, desisto de usar e dou mil desculpas. Verificando que falta pouco tempo para as festas do final de ano e, então, resolvo, sem nenhum planejamento e sem nenhuma meta, que quero emagrecer. Como primeiro passo, faço uma listinha no meu bloquinho ou no meu telefone com 10 dicas que serão ótimas para eu emagrecer e pronto. Nos primeiros dias passo fome e bebo bastante água e no próximo final de semana acontecem os deslizes, afinal, ninguém é de ferro. “Podem crer, na segunda-feira estarei firme”. E assim vai.
Isto não é estabelecer metas, pois não há comprometimento.
Como diz o Coach Harry Bank: “O segredo do sucesso é a consistência, a persistência”.
É por isso que falhamos, por parar no meio do caminho quando as tentações aparecem e a empolgação diminui. Não havendo o planejamento, pode haver, sim, o desejo (objetivo), que na verdade é completamente diferente do foco de determinação, enfim, de uma meta.
O conhecido método da Meta S.M.A.R.T. pode mudar radicalmente o final da história que você pretende escrever da sua vida. Se você se interessou em ler este artigo, acredito que está disposto(a) a virar o jogo e, sinceramente, entender como este método pode ser uma ferramenta útil para tirar seus sonhos do papel, sua imaginação do inconsciente e de trazê-lo para a realidade.
Afinal, quanto vale a sua felicidade? Você gasta para ser feliz ou investe em sua felicidade?
Continue nos acompanhando semanalmente no canal online (destaquemais.com.br) todas as quartas-feiras, que falaremos desta ferramenta incrível: S.M.A.R.T. e de outros assuntos que poderão ajudar você a conquistar qualquer meta que seja da sua escolha para se realizar e o que tanto queremos: Ser Feliz!

CÂNDIDA POSSEBON – Arujá/SP.
Profissional & Self Coach – PSC
Cert.6097 – IBC Instituto Brasileiro de Coaching
Pós Graduada em Emagrecimento p\ Instº.Health Coaching
#coachingtransformandovidas
Site:coachcandidapossebon.com.br
Face: Coach Candida Possebon
E-mail: candidapossebon@gmail.com
Instagran: @coachcandidapossebon
Cel.What: (11) 97450.7135
Compartilhar

Pergunte a si mesma o que te faz feliz

Postado em 25 de outubro de 2017

Pergunte a si mesma o que te faz feliz

De tempo em tempo é necessário fazer a seguinte avaliação: Estou deixando a vida me levar ou estou me movendo na direção dos meus sonhos?

Caso você não consiga responder de pronto essa pergunta, comece a identificar tudo em sua vida que não agrega nada, tudo que atrapalha, tudo que não faz bem a você e liste ‘essas pedras’ que estão no seu caminho, tomando as seguintes atitudes:

1ª – Coloque as suas resoluções em prática. Se não puser a mão na massa, nada vai acontecer.

2ª – Treine a sua coragem. Comece a se transformar com pequenas ações.

3ª – Dê uma chance ao novo. A gente evita o que desconhece por medo, mas, poderá ser surpreendida positivamente.

4ª – Ouse ser gentil. Essa habilidade, acredite, torna você mais capaz de ser feliz, gerar felicidade no outro e se engajar com bons projetos. Tudo isso é baseado na certeza de que a energia que você emite circula e volta para você

E, então, que tal parar um pouquinho e responder com toda a sinceridade a pergunta inicial.

CÂNDIDA POSSEBON – Arujá/SP.
Profissional & Self Coach – PSC
Cert.6097 – IBC Instituto Brasileiro de Coaching
Pós Graduada em Emagrecimento p\ Instº.Health Coaching
#coachingtransformandovidas
Site: candidapossebon.com.br
Face: Coach Candida Possebon E-mail: candidapossebon@gmail.com
Instagran: @coachcandidapossebon
Cel.What: (11) 97450.7135
Compartilhar

Nós só devemos temer o nosso próprio medo

Postado em 19 de outubro de 2017

medo-de-mudancas-como-criar-coragem-para-arriscar-e-viver-seu-sonho3

É preciso parar de nos iludirmos, achando que um dia vamos encontrar a família pronta, um guru mágico e que tudo vai se resolver.

Mesmo com as incertezas, tanto quanto a borboleta como o grãozinho de pipoca, nós sabemos que é através da dor e da luta que nos transformaremos em algo muito mais suave, belo e valoroso.

Assim somos nós, muitas vezes ficamos estagnados por medo de errar ou por desconhecer o que podemos nos tornar e optamos por seguir com aquilo que achamos que é seguro, mesmo tendo a certeza de que não era isso que queríamos e, assim como a lagarta, nós precisamos tomar uma decisão para evoluir: ou abandonamos o casulo correndo o risco de virar uma borboleta diferente do que imaginávamos ou permanecemos nele vivendo tranquilamente com a certeza de que seremos sempre uma lagarta.

Então, qual é a nossa preferência?

Precisamos aceitar e aprender que as mudanças em nossas vidas não acontecem de uma hora para outra. Respeitemos o tempo sabendo que as transformações são sofridas e lentas, devendo sempre darmos valor às pequenas transformações. Precisamos ter a coragem de olhar para dentro e reconhecermos o que, verdadeiramente, é melhor para nós.

Existirá um momento em que será preciso abandonar o casulo, pois, ele não é uma prisão. Todos nós queremos voar, mas, poucos estão dispostos a deixar a sua zona de conforto.

E o processo de Coaching é um dos caminhos que pode oferecer as ferramentas adequadas para aquele que, ao sair do casulo, saia mais enriquecido, forte e deixando de lado os seus medos, as suas crenças limitadoras, os seus fantasmas e, de verdade, consiga se libertar e crescer.

 

CÂNDIDA POSSEBON – Arujá/SP.
Profissional & Self Coach – PSC
Cert.6097 – IBC Instituto Brasileiro de Coaching
Pós Graduada em Emagrecimento p\ Instº.Health Coaching
#coachingtransformandovidas
Site: candidapossebon.com.br
Face: Coach Candida Possebon E-mail: candidapossebon@gmail.com
Instagran: @coachcandidapossebon
Cel.What: (11) 97450.7135
Compartilhar

Como transformar os seus “sonhos” em realidade

Postado em 11 de outubro de 2017

Profissao_-Realizador-de-Sonhos

1º – Acredite, é possível e você é capaz.

2º – O poder das ideias: diga “sim” para os seus sonhos.

       Faça uma lista de todas as ideias que vão te ajudar a transformar os

       seus sonhos em realidade.

3º – Meta e Planejamento: escolha a melhor ideia e transforme-a em meta

4º – Faça, faça e continue fazendo…

       Você tem que dar 100% se quer que a vida lhe dê 100 %.

       Dê sempre o seu melhor.

5º – Esteja sempre aberto para o novo.

       Não feche as portas só porque é diferente.

       Um “sonho” sem “meta” é apenas um desejo.

CÂNDIDA POSSEBON – Arujá/SP.
Profissional & Self Coach – PSC
Cert.6097 – IBC Instituto Brasileiro de Coaching
Pós Graduada em Emagrecimento p\ Instº.Health Coaching
#coachingtransformandovidas
Site: coachcandidapossebon.com.br
Face: Coach Candida Possebon
E-mail: candidapossebon@gmail.com
Instagran: @coachcandidapossebon
Cel.What: (11) 97450.7135

Compartilhar

Faça o que tem que ser feito

Postado em 4 de outubro de 2017

FAÇA O QUE PRECISA SER FEITO!

FAÇA O QUE PRECISA SER FEITO!

Procrastinação é tudo o que nos afasta dos nossos sonhos e objetivos. São aquelas famosas desculpas: Mas, fazer agora? Amanhã penso nisso! Não tenho tempo agora. Hoje não dá.

Daí, vamos falar em algumas dicas que poderão ajudar você a ter ânimo, entusiasmo e vontade para realizar as tarefas que ajudarão no alcance dos seus desejos e objetivos.

1 – Faça um cronograma semanal de tarefas (monte a sua agenda, virtual ou não), escrevendo o que você quer fazer em cada dia da semana. Podem ser simples e corriqueiras, pois, se você complicar fatalmente irá desistir, mas, se não forem registradas gerarão culpas e muito mais. Devem ser metas acessíveis ou, melhor, na medida certa.

2 – Mexa-se! Parece bobagem, mas, uma pequena atividade rotineira vai dobrar a sua energia. Quer chegar em 30 minutos de caminhada, comece com 5 minutos.

3 – Alimente-se bem. Não estamos falando em dieta e, sim, em alimentos que trazem vitalidade e energia.

4 – Livre-se do excesso. Faça uma faxina em casa, no escritório, no telefone, no computador etc. Entretanto, não queira fazer tudo hoje. Comece agora com o que der e puder, afinal: o feito é melhor do que o perfeito.

5 – Priorize-se. Eu disse o pronome “se”, você mesmo. Não permita que nada e nem ninguém tire você do seu foco, pois, qualquer coisa que custe a sua paz é muito cara.

Siga esses passos e, caso o desânimo persista, procure um acompanhamento profissional para investigar as causas e ter a chance de ser mais feliz.

Se estiver com dor de dente, quem você procura? Então…

 

CÂNDIDA POSSEBON – Arujá/SP.
Profissional & Self Coach – PSC
Cert.6097 – IBC Instituto Brasileiro de Coaching
Pós Graduada em Emagrecimento p\ Instº.Health Coaching
#coachingtransformandovidas
(11) 97450-7135

Compartilhar

Não consigo parar de comer. Que crença é esta?

Postado em 28 de setembro de 2017

binge-eating-Dr_noe_alvarenga1200x900

Você já se deparou pensando assim:

– “Ah, hoje eu mereço” ou

– “Estou tão feliz, então posso tudo” ou

– “Agora não é hora de pensar nisso…” ou

– “Começo na segunda”

Essas afirmativas são muletas e, muitas vezes, vão nos afundando, sendo que, de repente, não entramos mais naquela roupa, ficando tudo inadequado.

De nada vai adiantar atitudes extremas que, na verdade, vão apenas nos castigar.

Ressignifique as palavras dieta e regime, visto que elas podem soar agressivamente.

Esses termos nos remetem a um período de privações e, vamos combinar, diante de tantas dificuldades pelas quais todos nós estamos vivendo, pensar em mais um sacrifício é demais.

Então, eu faço um convite, antes de pensarmos em dieta, regime e reeducação alimentar, que tal trabalharmos com a nossa “reeducação emocional e comportamental”.

Tudo que nos remete ao período de privações o nosso cérebro rejeita e não nos ajuda nesse processo. Vale lembrar que o nosso corpo faz o que a nossa cabeça manda, pois, o cérebro é o comandante dos nossos comportamentos. E, comportamentos punitivos e restritivos geram compulsão.

Observem que “dietas e regimes” não levam a lugar nenhum.

O segredo é mudar a sua “mente”.

CÂNDIDA POSSEBON – Arujá/SP.

Profissional & Self Coach – PSC

Cert.6097 – IBC Instituto Brasileiro de Coaching

Pós Graduada em Emagrecimento p\ Instº.Health Coaching

#coachingtransformandovidas

(11) 97450.7135

 

Compartilhar

Coaching em grupo

Postado em 20 de setembro de 2017

Coaching em grupo

Posso afirmar que, ajudar o Coachee (cliente) a superar as suas barreiras, as suas dificuldades e a desafiar os seus medos, é a principal função do processo de Coaching.
Hoje, em particular, vou falar um pouco do “Coaching em Grupo”.
Uma das grandes vantagens deste processo está na “troca de conhecimentos”, onde todos compartilham e, cada um por si, pode aprender com a experiência do outro e se ajudarem mutuamente. Além, é claro, de ficar muito acessível do ponto de vista financeiro, pois, o seu investimento será 1/5 do valor individual.
Observem que estamos falando de investimento, que é bem diferente de gasto, afinal quanto vale para você realizar o seu sonho, o seu objetivo?
A troca de experiências ajuda em muito, gerando muito mais motivação.
E, então, você gostaria de participar de um grupo em busca de um sonho/objetivo, tais como: emagrecer / ter clareza nas suas escolhas / aprender a colocar limites / respeitar a si próprio / etc.

CÂNDIDA POSSEBON – Arujá/SP.
Profissional & Self Coach – PSC
Cert.6097 – IBC Instituto Brasileiro de Coaching
Pós Graduada em Emagrecimento p\ Instº.Health Coaching
#coachingtransformandovidas
(11) 97450.7135
Compartilhar

E, se…

Postado em 8 de setembro de 2017

talking

Antes de tudo gostaria de deixar claro: este artigo nada mais é que a releitura de um artigo escrito por Eugênio Mussak, maravilhoso escritor, poeta, filósofo e colunista (é assim que eu o vejo).
O texto é sobre a expressão “E, se…”, que, na verdade, parece tão insignificante e tão simples, mas sem dúvida faz toda a diferença, principalmente quando se refere aos sonhos das pessoas.
Vamos falar de nós, o que sentimentalmente é mais difícil do que falar do outro, mas vamos combinar, isso acontece muito conosco em nosso dia-a-dia, portanto é de suma importância que pensemos com compaixão antes de detonarmos alguém quando este nos apresenta um sonho, ou um projeto, ou um ideal, ou mesmo um desejo, e nós, mal acabando de ouvir e dentro de uma lógica muito simplista, de imediato damos o nosso veredicto e a nossa opinião: “Nem pense em fazer isto, é um absurdo, você vai se dar mal…” e aí por diante.
Desta forma, como diz o ditado popular: jogamos um balde de água fria em cima, usando ainda os seguintes argumentos chavões: “Estou falando para o seu bem…” ou “Você é quem sabe, mas depois não diga que eu não avisei…” e assim vai, vai, vai…
Meu Deus! Ontem mesmo isto aconteceu comigo ao apresentar um sonho que queria realizar, pois logo fui puxada para a realidade: “Isto não vai dar certo…”. Como dói, principalmente para alguém que é do signo da Lua e que vive a sonhar, sonhar, sonhar.
Logo em seguida deparei-me com o texto de Eugênio Mussak e resolvi fazer dele uma releitura, acreditando que ele vai nos ajudar, pois quem de nós nunca foi vítima ou algoz de tal situação?
Essa expressão de apenas duas palavras pode, realmente, construir ponte ou derrubar muro e, assim, muito ajudar, tanto nas relações pessoais como nas profissionais.
Vamos pensar nisso?
Ao invés de negar de imediato, mesmo sendo o nosso sentimento, que tal usarmos a alternativa: “E, se…”. Isso equivale a não colocarmos uma barreira no meio do caminho, e sim em pensarmos em construir um atalho que possa vir a indicar uma nova e possível passagem.
O “E, se…” é muito mais virtuoso, ele não encerra o assunto, ele não critica a ideia, não ofende, não machuca e nem sugere que o interlocutor é, no mínimo, louco. Com isto, não nos torna arrogantes e coloca o entusiasmo do outro na mesma posição da razão.
O “E, se…” tem a sua aplicação instantânea nas pequenas propostas que se apresentam em nosso cotidiano, fazendo com que aquele que está ansiosamente esperando pela sua concordância se desloque do seu sonho e venha para a real, com a certeza de que poderá alcançá-lo mesmo que não seja por ali o caminho e não significando que tudo está encerrado.
Que tal nos esforçarmos para tanto, em especial com os mais próximos (cônjuges, filhos, pais, chefes, subalternos, colegas etc.), porque este “E, se…” tem a força de salvar relacionamento, amizade, empresa, projeto e tudo mais que for necessário.
O feito é melhor do que o perfeito.
Esta expressão demonstra que nem tudo na vida precisa ser perfeito, exatamente da maneira como idealizamos e sonhamos, pois, se já foi feito, mesmo que não esteja perfeito, é isto que vai valer. Muitas vezes, o caminho do meio tem tanto valor quanto o caminho idealizado, que geralmente tem somente duas vias: ou é ou não é, não se apercebendo que existe a via do meio isenta das extremidades e que, em geral, é a melhor escolha.
Por isso, que tal pensarmos que, por mais estranha e inadequada seja a proposta do outro, ela sempre merece a nossa compaixão e um amoroso “E, se…”.
Deixemos de lado a nossa oposição, não proferindo a enfática, arrogante e humilhante negativa.
Comecemos, a partir de agora, a ouvir com mais atenção o outro e a oferecer-lhe um caminho alternativo.
Se não pode dar amor ao próximo, dê, no mínimo, compaixão.

Por: Cândida Possebon (Arujá / SP)
Profissional & Self Coach – PSC
Cert.6097 – IBC Instituto Brasileiro de Coaching
Pós Graduada em Coach Life
Certificada em Coach de Relacionamento
candidapossebon.wix.com/transformandovidas
Contato: 97450-7135
Compartilhar